Miminhos para o Pai



Na UEE, os meninos também quiseram oferecer alguns miminhos aos pais, neste dia tão especial.
Aqui vão as imagens de todo o trabalho!



















19 de março - Dia do Pai

Durante a passada semana fomos recordando os Pais e os nossos alunos foram elaborando, com muito carinho, uma pequena lembrança carregada de significado.
Aqui vão algumas imagens!







Muita diversão!

No mês de fevereiro celebra-se o dia de São Valentim e também nos divertimos com o Carnaval!
Aqui vão as imagens que mostram como nos divertimos nesta época!!!



                                                 
        

        




           






Dia de São Valentim


Ontem, dia 14 de fevereiro festejámos o dia de São Valentim, também chamado dia dos namorados.
Na escola, nós fizemos um trabalho sobe a história “Gosto de Ti”. A história ensinou–nos que o amor está no coração daqueles que gostam de nós e manifesta-se de formas diferentes.
Nós fizemos bonitos desenhos, escrevemos palavras e frases sobre o amor e a amizade.  

Luís Santos Fonseca                                                  

15-02-2016 








                      

           



Dia de Reis




No inverno, não é só o frio que volta! Também se comemora o Dia de Reis! Que tal sermos reis por um dia?






Chegou o inverno!




Chegou o inverno e com ele veio o frio… brrr... Vamos lá colocar uns gorros e umas luvas bem quentinhas!



Comemoração do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência

Comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência no
Agrupamento de Escolas de Colmeias
 No âmbito das comemorações do Dia Internacional da Pessoa com Deficiência e sob o lema deste ano “Dá a mão à diferença”, o subdepartamento de Educação Especial levou a cabo algumas iniciativas de sensibilização dirigida a toda a comunidade escolar, de entre as quais destacamos as seguintes:
Este ano foi lançado um desafio a todos os elementos da comunidade escolar para trazerem calçados sapatos diferentes, tendo havido bastante adesão.
À semelhança dos anos anteriores, foi distribuída mais uma pulseira com a frase do lema deste ano ”Dá a mão à diferença” .
No dia 5 de dezembro recebemos três técnicas da ACAPO (delegação de Leiria) que junto de algumas turmas do 1ºciclo fizeram uma breve abordagem sobre a deficiência visual, seguida de algumas atividades sensoriais que os alunos puderam experienciar.
No dia 7 de dezembro, uma jovem portadora de deficiência motora, Adelaide Almeida, deu uma palestra a duas turmas do 2ºciclo e a uma turma do 3ºciclo. Os alunos tiveram conhecimento de toda a sua história de vida mas ao mesmo tempo puderam constatar que, apesar das limitações físicas que a referida convidada apresenta, tal não é impeditivo da mesma poder realizar grande parte das atividades da rotina diária de um cidadão comum.
Nas escolas do 1.º ciclo/JI de Colmeias e Bidoeira, para além da adesão aos sapatos diferentes e da visita das técnicas da ACAPO, os alunos também ilustraram painéis com as mãos de cores diferentes e assistiram a vídeos sobre a deficiência.
A escola da Boa Vista proporcionou um momento de convívio com alguns utentes da CERCILEI, que culminou num lanche partilhado.
Na escola do 1.º ciclo de Agodim, a professora de Educação Especial reuniu todos os alunos da escola para lhes falar sobre os tipos de deficiência e a forma como todos nós podemos agir para ajudar as pessoas portadoras de deficiência.
Assim, mostrou um pequeno vídeo “A felicidade das borboletas” que mostrava a felicidade de uma menina com deficiência visual, porque os que estavam à sua volta lhe deram atenção e a ajudaram a ser uma bailarina como as outras. De seguida deu a conhecer aos alunos a escrita através do Sistema Pictográfico de Comunicação (SPC), explicando que os símbolos ajudam as pessoas com deficiência a comunicar. Depois, exemplificou este tipo de escrita com livros que levou e que foram criados por alunos de outras escolas. Esta exemplificação permitiu aos alunos “pôr a mão na massa” e criarem também um livro com este sistema de escrita, trabalho que foi sendo desenvolvido em cada sala com a respetiva professora titular. A história escolhida para esta transformação foi a história do livro “Catarina, o urso e o Pedro”.
Também nas escolas de Mata dos Milagres, Bouça, Milagres e Machados foi abordada a temática da deficiência, tendo os alunos contactado com livros e materiais escritos adaptados, com símbolos pictográficos (SPC) e Braille. Os alunos tiveram a oportunidade de visualizar histórias contadas em língua gestual portuguesa e também puderam experimentar escrever pequenas frases/palavras no computador com símbolos pictográficos, utilizando o software Arasaac-Araword, outro sistema de comunicação aumentativa.
Achamos que estas iniciativas envolveram a comunidade escolar e por certo contribuíram para que todos sejamos mais tolerantes e construtores de uma escola cada vez mais inclusiva.
Aqui ficam as imagens!